Primeira Gincana GALILEU de Astronomia – Edição 2018

A Missão Garatéa está apoiando a primeira gincana de astronomia realizada pela revista GALILEU. A ideia é fomentar astronomia e ciência em todas as regiões do Brasil através de uma gincana online, sendo disputada por time de jovens estudantes do ensino fundamental. A gincana será apresentada pelo jornalista André Jorge de Oliveira, e contará com a presença do astrônomo Gustavo Rojas (pesquisador da UFSCAR), além de medalhistas da OBA que ajudarão as equipes das escolas participantes.

Os estudantes terão acesso à plataforma Alice de Educação, onde contarão com todos os conteúdos da gincana em uma forma lúdica para estudos. A missão Garatéa, além de divulgadora da Gincana, irá premiar os melhores classificados da gincana com um voo em um balão exclusivo da Garatéa-E.

Professores, inscrevam seus alunos!

-> Edital de Participação: http://bit.ly/editalgincana
-> Ficha de Inscrição: http://bit.ly/inscriçãogincana

Por que participar?

Texto de autoria da Revista Galileu:

Despertar a curiosidade pela ciência na mente de jovens em idade escolar: é o objetivo da 1a Gincana GALILEU de Astronomia 2018. Inspirar os estudantes para que cultivem essa curiosidade é essencial, pois são os cientistas de amanhã. Com nosso projeto educativo, queremos estimular o interesse científico em jovens do 6º ao 9º ano (final do Fundamental 2).

Nossa Gincana vai promover uma competição lúdica e saudável entre 15 escolas, públicas e particulares, de todas as regiões do Brasil (três de cada região). As inscrições, gratuitas, ficam abertas até 4/5 e os jogos começam no fim de maio. A fase de grupos regionais é de pontos corridos: as escolas jogam entre si e as primeiras colocadas se classificam para a Grande Final. Sairá uma finalista por região.

Se a escola deseja participar da Gincana, um professor deverá montar seu time com dois meninos e duas meninas. Ao todo, 60 alunos participam do game show, que será transmitido no Luneta Live.

Os times jogam da própria escola, através de videoconferência. Os jogos regionais serão gravados e exibidos no Luneta — uma região brasileira por semana. Em cada episódio, uma finalista é definida.

Perguntas de múltipla escolha testam os conhecimentos das crianças nos temas astronômicos. Todo o conteúdo deve ser estudado através do material didático virtual fornecido. Na hora certa, os times têm alguns segundos para pensar e levantar, ao mesmo tempo, uma plaqueta com a resposta.

Além das vitórias, pontua-se também o engajamento: cada escola terá uma hashtag e insígnia para espalharem nas redes sociais. A equipe mais engajada ganha uma vaga entre as finalistas (seis). Terão dois meses para criar um experimento para voar (de verdade) em um balão estratosférico. Uma banca de especialistas vai escolher os melhores projetos. As finalistas ganham medalhas e certificados. Que comecem os jogos!

links:

Facebook GALILEU – https://www.facebook.com/revistagalileu/

Revista GALILEU – https://revistagalileu.globo.com

OBA – http://www.oba.org.br/

Alice Education – http://www.alice.education/